10 motivos para visitar o Príncipe

  1. É uma Reserva Natural da Biosfera, património da UNESCO. Tal significa que a ilha tem um compromisso de desenvolvimento sustentável e de preservação da natureza
  2. 50 sombras de… verde. O Príncipe é um grande diamante de floresta tropical, com árvores de alturas incomuns.
  3. As praias de areia fina e dourada, forradas a palmeiras que abraçam as mornas águas turquesa.
  4. É um país de língua oficial portuguesa, com herança arquitectónica e gastronómica, e as pessoas têm origens que remontam a Cabo Verde, Angola e Portugal.
  5. o conceito de tempo pára nas ilhas do “leve-leve”. Os dias parecem esticar e não há o corropio europeu a que vimos (mal) habituados.
  6. as Roças, antigas habitações direccionadas para a produção de cacau, que atingiram o seu expoente máximo na altura em que este país era o maior exportador mundial. A Roça Sundy foi inclusive o local onde se comprovou a teoria da Relatividade de Einstein, em 1919.
  7. os deliciosos nomes das terras (Azeitona, Bom Viver, Rua Feliz) e das praias (Praia Burra, Praia Macaco, Praia Boi, Praia Banana), que nos fazem querer correr todas como uma colecção de cromos!
  8. vida animal única: cerca de 140 espécies de pássaros (30 dos quais endémicos) coabitam na ilha onde a desova das tartarugas ocorre entre Novembro e Abril (Praia Grande), a rota de migração das baleias entre Junho e Agosto e a possibilidade de observar golfinhos durante todo o ano.
  9. As ilhas são atravessadas pela célebre “Linha do Equador”, que separa os dois hemisférios.
  10. Não há jet lag para quem vem de Lisboa! A viagem dura cerca de 5 horas e a diferença horária é de apenas (menos) de uma hora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.