5 comidas essenciais em Buenos Aires

  1. Media Luna
    Este croissant (em forma de meia-lua) faz parte de qualquer “combo” de pequeno-almoço de Buenos Aires, servido habitualmente em conjuntos de 2-3 unidades + café com leite.

    Expresso e Media Luna, no Simik (Café-Museu Fotográfico)

    2. ‎Alfajor
    Doce típico arredondado que consiste em 2 biscoitos com doce de leite no seu interior. Segui a recomendação da minha amiga Ana Rita Matos e provei um do café Havanna, que produz em diferentes variedades.

    Alfajor do café Havanna

    3. ‎Dulce de Leche
    Os argentinos são doidos por doce de leite (leite condensado), e os seus visitantes também. Podemos encontrá-lo em gelados, bolos ou biscoitos.

    4. ‎Empanada
    Empadas alongadas de carne de vaca, frango, fiambre e queijo ou vegetais, vendem-se também por toda a cidade por cerca de 30 pesos.
    A melhor que provei foi no restaurante Desnível, na Calle Defensa – a mesma avenida do mercado de San Telmo. Procurei também por uma Empanada de carne na muito conhecida San Juanino, em Recoleta, mas deixei-me tentar por uma empanada de mel e nozes (demasiado crocante e doce – com uma camada desnecessária de açúcar em pó na superfície – não me convenceu).

    Empanada de Carne
    Empanada de mel e nozes

    5. ‎Carne Argentina
    O melhor (e mais conhecido) produto gastronómico da Argentina tinha de ficar para o fim. Apelidada da melhor carne do mundo, as carnes argentinas fazem mesmo jus à vénia que lhes é prestada e os seus habitantes fazem questão de o demonstrar. Servida em diferentes graus de confecção, o mais apetecível talvez seja o bife de chorizo.

    Bide de Chorizo do La Cabrera

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.