As terras dos 7 Lagos

Parece que estou na Suíça, mas na realidade isto é a Argentina e bem próximo do Chile (cerca de 60Kms). Villa La Angostura, Villa Troful, San Martín de los Andes… bem-vindos a uma Argentina diferente.

É uma zona de lagos incríveis e enormes, cujas águas reflectem quais espelhos perfeitos o verde das águas e cume das serras. Ao todo dizem que são 7 os que têm de ser visitados: Lago Nahuel Huapi, Lago Espejo, Lago Correntoso, Lago Escondido, Lago Villarino, Lago Falkner e Lago Lacar.

A vida parece ser fácil e pacata aqui… (o hospital pelo menos tinha apenas 4 carros no estacionamento!!). As robustas casas de madeira e inclinados telhados negros lembram a nossa Europa central. Por todo o lado se vende chocolate (ou licor de chocolate), doçaria, vinhos e roupa de inverno, e muitas são as ofertas de turismo: aluguer de bicicletas, passeios de barco, circuitos de montanhismo.

Os hostéis onde fiquei compartilham deste ritmo leve.. em Villa la Angostura uma enorme lareira com sofás e cadeirões, snooker, jogos de tabuleiro, janelas forradas a árvores de folhas verdes vislumbrando-se a mesa de ping-pong e barbecue no exterior. A temperatura tão acolhedora que, pela primeira vez em muito tempo, volto a usar apenas um top e umas leggings de meia-perna. E, nas suas paredes, imagens de filmes antigos, de capas de CDs e vinis e mensagens deixadas por outros que por aqui passaram. “O acto de viajar é um prazer”… como poderia não concordar?!

Tendo azar com o clima e apanhando 4 dias seguidos de chuva, acabei por deleitar-me em La Angostura com o porto da vila, virado sobre a Laguna Mansa e Laguna Brava, assim como uma cascata perdida no meio de um bosque pouco antes da chegada ao complexo de Ski de Cerro Bayo. Em Villa Troful, destaco o incrível miradouro que permite ver quase toda a extensão do seu lago. E em San Martín de los Andes, após fugir da chuva vendo um pequeno filme num dos museus locais, só posso falar do centro da vila (mais desenvolvida e cara que as restantes) e dos miradouros Arrayén com vista para o Lago Lácar.

 

Villa La Angostura

# onde ficar: Hostel La Angostura, a 200 metros da principal rotunda, em pleno centro da vila

# onde jantar: Gran Nevada – comida caseira a preço muito acessível

# onde tomar um café e comer uma fatia de bolo – Alma Mora

# a não perder – a caminho da estância de ski há, na estrada, uma placa que sinaliza uma cascata a 200m de distância, à qual se acede descendo por entre um bosque.

 

Villa Troful

# passeio de um dia, sem pernoita
# a não perder – o miradouro no final da vila, com vista panorâmica sobre toda a extensão do enorme lago e um silêncio absoluto

 

San Martín de los Andes

# onde ficar – Sherpa hostel, no centro da vila e com pão branco, integral e medias-lunas ao pequeno-almoço.

# onde almoçar – Pizzaria DelPueblo – para quem gosta de pizzas com muito, muito queijo. Também com sandwiches e hambúrgueres.
# a não perder – os chocolates da Abuel Goyan, os melhores da região. A pequena loja vende várias combinações de chocolates (podendo-se experimentar alguns pedaços gratuitamente), bebidas quentes, gelados e bolos.

Lago Correntoso
Lago Espejo
Porto de Laguna Brava, Villa la Angostura
Vista de Laguna Brava, Villa la Angostura
Laguna Mansa – Villa la Angostura
Porto de Laguna Mansa – Villa la Angostura
O interminável Lago Traful
Cascata em pequeno trilho da Villa Traful

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.