Bloggers’ Open World Awards 2018

Choviam mensagens no Facebook e concorri aos prémios da Momondo sem expectativa. Que hipóteses teria um blog pequeno, com relatos tão pessoais da minha viagem, com fotografias que de embora locais incrivelmente belos não deixavam de ser amadoras? O entusiasmo dos outros era maior do que o meu, e muito por esse motivo fui em frente.

Estava na Bolívia quando recebi a notícia em como seria uma das finalistas na minha categoria, a Open World. Um email perdido há algumas horas na caixa de entrada, aberto entre solavancos de um autocarro cheio de pessoas e legumes, sacos e galinhas.

O que é isto então dos Bloggers’ Open World Awards? É uma iniciativa da Momondo, organizada pelo segundo ano consecutivo após o grande sucesso da sua primeira edição. Pretende distinguir os blogs de viagens mais relevantes no panorama nacional, tendo recebido no total 678 candidaturas para as 4 categorias a concurso: “Fotografia”, “Vídeo”, “Blog” e “Open World”.

O Me across the World começou por pequenos rascunhos de uma viagem a Madagáscar, umas notas soltas num telemóvel. Foi em Agosto do ano passado que comecei as minhas noitadas a lutar contra o WordPress, uma linguagem muito diferente da minha. E, em Janeiro, após pequenos testes em viagens à Alemanha e a S.Tomé e Príncipe, viu a luz do dia aquando da minha partida para (o Hawaii e…) a América do Sul. O blog cresceu, as pessoas entusiasmaram-se e começaram a seguir-me. Inevitavelmente comecei a ter maior visibilidade, mas nunca esperei nada disto.

Segundo a organização, a Categoria Open World destaca “bloggers que inspiram a viajar com a mente aberta e sem preconceitos, que criam novas amizades por onde passam, que dizem sim a novas experiências, que viajam com curiosidade pelo desconhecido e com desejo de partilhar”. E foi nesta que fui destacada como pertencente ao Top 10, o que significa que o júri encontrou neste blog que agora leem as características essenciais e que consideram representativas da Momondo.

A cerimónia, que decorreu no Ministerium Club (Lisboa) a 24 de Maio, distinguiu como premiados, respectivamente, o instagram sofiadias_ (de Sofia Dias), o canal de Youtube Viajar entre Viagens (de Carla Mota), o Gang do Pé Preto (de Marta D’Orey) e o Alma de Viajante (de Filipe Morato Gomes). E os prémios? Um workshop de marketing digital na sede da Momondo (Copenhaga), uma Masterclass de fotografia com um fotógrafo da National Geographic e, no caso da Open World, ainda um prémio em viagem no valor de 2 mil euros.

Da minha parte, o meu obrigado. Este blog é o meu legado, onde ficam as minhas experiências e memórias, e através do qual vos quero ajudar a correr o mundo. Continuarei, dentro do possível, a inspirar-vos!

Para tal, podem seguir-me por aqui e pelas redes sociais do Facebook e Instagram, onde estou também pelo pseudónimo “Me across the World”.

Obrigada pela vossa confiança*

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.