Como chegar de Veneza à Eslovenia?

O voo directo a partir de Lisboa demora cerca de 2.40h e aterra no Aeroporto Marco Polo, a 20min da cidade de Mestre, o ponto de referência para quem se dirige para Veneza.

Para lá chegar há-que apanhar por exemplo o autocarro ATVO (8€i/ 15€iv), havendo diversos pontos de venda espalhados pela zona das chegadas.

Este autocarro pára na principal estação de comboios (Venezia Mestre). Daí, o melhor ponto de acesso à Eslovénia será de comboio, através do porto italiano de Trieste – estação Trieste Centrale (2 horas de viagem, 13€) ou indo em direcção a Goriza e Nova Gorica.

# Trieste – Adjacente à estação de comboios está a de autocarros, de onde partem diversas companhias para Liubliana, Zagreb ou outros destinos. Após um passeio de cerca de 3 horas pelo centro de Trieste, apanhei um autocarro da Crnja Tours – saída as 17.45, chegada prevista as 19.20h e apenas 4.75€.

# Liubliana – todos os autocarros param alinhados em pleno ar livre, frente ao edifício amarelo que também serve de estação de comboios. Liubliana faz-se bem a pé ou igualmente bem de bicicleta.

# Para seguir para o Lago Bled (Bled Jezero) podemos apanhar novamente um autocarro (saídas horárias, 6.30€) ou o comboio (apenas um directo por dia, todos os restantes param em Jessenice e obrigam a trocar (+10min de viagem). Por uma questão de horário optei pelo último: o preço foi semelhante (6.60€ e duração total de 1.45h) – valeu a pena, o caminho é cénico por entre planícies, aldeias e os Alpes ao fundo.

Um detalhe importante é que a estação de comboios fica lado “oposto” do lago, e que para chegar ao centro de Bled ainda tem de se fazer uma caminhada de cerca de 30min. A estação de autocarros é na cidade, por trás da linha de hotéis.

# de Bled a Veneza – temos novamente as opções de comboio e autocarro. Desta vez, voltei a apanhar o comboio na estação Bled Jezero (6€) com destino a Nova Gorica // Goriza; os dois locais fronteiriços são de tal forma próximos que, apanhando o autocarro urbano (1.25€, cerca de 4Kms), nem me apercebi de cruzar qualquer pórtico.

De Goriza saem comboios directos para Venezia Sta.Luzia (15.15€) – última paragem e a única estação de comboios dentro das ilhas que compõem Veneza.

Tempo total da travessia B-V: 5 horas 18min ((de autocarro via Liubliana: 7.15h)).

# Em Veneza – a melhor forma de conhecer Veneza (e a mais barata) é a pé. Para entrar ou sair, a cidade tem um serviço de aquataxis (acho que era isto) e 2 estações de comboio particularmente relevantes para viajantes: a estação de Veneza Sta Luzia (“dentro” de Veneza) e a estação de Veneza Mestre (a 9Km de distância e 1.25€). Se possível, passem a noite “dentro” de veneza e não fora: mais caro mas compensa o investimento. De Veneza Mestre sai o já falado shuttle ATVO para o aeroporto.

Nota: a fotografia, uma espécie de “guia pessoal de viagem” que preparei antes de partir, sofreu depois as diversas alterações acima descritas! Ainda assim confirma que tudo é adaptável

notas práticas iniciais da minha viagem à Eslovénia