Foodie: experiências gastronómicas a não perder no Hawaii

Sendo constituído por um conjunto de ilhas no meio do Pacífico, seria de esperar que a comida havaiana reunisse todas as condições para vingar dentro de um espectro mais natural e saudável, com destaque para frutas, legumes e peixe fresco.

Contudo o Hawaii enquanto território pertencente aos Estados Unidos da América encontra-se fortemente influenciado por este e por tudo aquilo que ele tem de melhor (e de pior). Nos supermercados é fácil encontrar todo o tipo de alimentos pré-embalados e prontos a consumir, assim como uma imensa variedade de biscoitos, batatas fritas e outros alimentos proibidos. O mesmo se verifica com a oferta de rua (não faltam MacDonalds, Wendy’s, Starbucks e semelhantes) e com as quantidades invariavelmente tamanho XL.

Em simultâneo, e como resultado da sua história e contexto geográfico, a comida havaiana é também um melting pot, conciliando sabores asiáticos – nomeadamente japonês mas também coreano, chinês, filipino, tailandês e vietnamita. Preparem-se para usar os pauzinhos!

A maior parte das refeições “para levar” são servidas em embalagens de poliestireno de 3 divisórias que invariavelmente levam duas colheres de arroz e salada (os “plate lunches”).

Este é o top de experiências gastronómicas que aconselho a qualquer pessoa que visite o Hawaii.

 

Poke Bowls

Poke são pratos tradicionalmente havaianos, constituídos por uma ou mais variedades de peixe cru ou marisco cortado em cubos, cozinhado com um conjunto de molhos e especiarias variável. Pode ser acompanhado de arroz, sementes, legumes e /ou fruta.

Em Oahu, o Ono Seafood (a 3 estações de autocarro do jardim zoológico) foi eleito em 2015 como o melhor restaurante de Poke de Honolulu. Este espaço pequeno e despretensioso permite optar entre 2 volumes de comida (8 e 10 dólares), 2 tipos de arroz e 6 opções de acompanhamentos.

Os preços por Poke Bowl variam de 6 a 15 dólares dependendo do local onde são adquiridos.

 

Poke Bowls da Ono SeaFood

 

Garlic Shrimp

North Shore é o paraíso dos amantes de surf, mas também de Garlic Shrimp (ou gambas no alho). Estas gambas de média dimensão são cozinhadas em molho de alho e servidas com arroz branco. Thai Bo e Giovanni’s são duas das food trucks mais conhecidas da zona. Cada refeição custa 14USD.

 

Garlic Shrimp de North Shore

 

Panquecas do MAC 24/7  (Hilton Waikiki Beach Hotel)

Já se imaginaram a comer uma panqueca de quase 3 Kg?! Pois, eu também não!! Mas é exactamente isso que propõe este restaurante do Hilton Waikiki Beach, em plena praia de Waikiki (Honolulu).

Aberto 24 horas por dia (7 dias por semana), o MAC 24/7 é mundialmente conhecido por estas panquecas intermináveis de 3 andares, acompanhadas de múltiplas combinações (morangos, manteiga de amendoim, marple syrup..). Tem um sabor entre o doce e o salgado que nos faz chorar por mais e a textura mais fluffy de sempre.

Cada panqueca pesa exactamente 5 pouds (ou 2,67Kg) e custa 25 dólares. Por cada elemento que a pretenda dividir, o restaurante cobra mais 5 libras, e para mais aventureiros que a consigam devorar em menos de 90 minutos é oferta. No nosso caso, éramos 5 pessoas e sobrou praticamente metade, que foi embalada e nos contentou no pequeno almoço do dia seguinte.

 

Uma (pequena) fatia de panquecas do MAC 24/7
Sem pânico.. apenas 2,3Kg de panquecas só para provar!

 

Ramen do Aunty’s Ramen

O Aunty’s Ramen é um restaurante japonês especialista naquilo que o nome indica: Ramen. Sem pretensiosismos na decoração, cada cliente começa por escolher os seus ingredientes por mais de 30 divisórias possíveis.

A sua proprietária, uma senhora nos seus 50 anos (ou mais, que os japoneses aparentam sempre ser mais novos que são na realidade), pergunta-nos depois qual das massas vamos preferir (arroz, noodles de arrox, po, entre outros) e o tipo de caldo escolhido (também entre várias possibilidades, havendo opções mais ou menos picantes).

Uma dose serve 2 pessoas que não estejam com muito apetite ou, tal como em outros locais, o excesso pode ser embalado.

O preço oscila entre os 10 dólares (1/2 pound) ou 20 dólares (1 pound).

 

Ramen

 

Comer um gelado na Plantação Dole

A Dole é mundialmente conhecida pelas suas plantações de ananás, que aqui atingem o seu expoente máximo: não só é possível comer um (maravilhoso) gelado como ainda existe um tour de comboio pelas plantações, um labirinto (o maior do mundo segundo o Guinness Book of Records de 2008 e cujo centro tem a forma de um ananás quando visto de cima) e diversos goodies em torno desta marca e fruto.

Fica a caminho de North Shore pelo que a paragem para comer esta iguaria vale a pena, mas o resto assemelha-se muito a uma tourist trap, sendo talvez mais interessante se se viajar com crianças.

Os preços dos gelados oscilam entre 5,75 e 7,25.

 

Gelado de Ananás das Plantações Dole

 

Tigelas de Açai

As bagas de açaí são originárias da América Central e do Sul, estando actualmente muito na moda sobretudo devido ao seu elevado conteúdo em antioxidantes. Permitem uma refeição fresca, colorida e saciante, sendo servidas habitualmente com fruta, mel e granola.

São fáceis de encontrar e os preços variam em função do tamanho (8 a 12 USD).

 

Taças de Açai em North Shore

 

Taro Purple Bread

               São pequenos pães cozinhados a partir de Taro, uma planta tradicional do Havai, extremamente nutritiva e de enormes folhas com forma de coração. Apesar do seu sabor ser incaracterístico, onde mais podemos comer pão roxo?!

 

Shaved Ice

Em último lugar, e por não ser nem apreciadora nem achar que seja algo inovador, está o Shaved Ice. Consiste simplesmente em gelo granizado coberto por toppings artificiais de cores berrantes, que se pode encontrar em qualquer mercado ou carrinho pelas ruas de Honolulu e Waikiki. Refrescante, é sem dúvida um sucesso local devido às elevadas temperaturas que se fazem sentir todo o ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.