A Islândia foi o destino escolhido para a minha primeira viagem pós-desconfinamento, mas agora que tudo mudou é necessário saber um pouco mais sobre os procedimentos de entrada no país, nomeadamente no que ao Covid-19 diz respeito.

Procedimentos de entrada Covid-19

          A primeira coisa a fazer é preencher um formulário de intenção de visita no site covid.is/english. Demora menos de 10 minutos, é rápido e muito intuitivo. É-nos solicitada informação simples como a duração da viagem, dados pessoais e de residência e o local de estadia. Neste momento a entrada no país só é viabilizada de duas formas: fazendo-se o teste de despiste de covid-19 ou assegurando uma quarentena de 14 dias. Para quem opta por fazer o teste de despiste (o chamado “teste do cotonete”), o pagamento pode ser feito online (cerca de 60 euros por pessoa) ou no aeroporto (80euros). Este formulário dá acesso a um código de barras pessoal e intransmissível, correspondente ao código que identifica o próprio teste covid de cada pessoa.

          Ainda antes do recolher da bagagem, é tempo de nos prepararmos para o teste. Um elemento da polícia verifica um-a-um todos os passageiros, por forma a definir duas filas mediante a opção escolhida no formulário: uma para teste, uma para quarentena.

procedimentos de entrada - Viajar Islândia

          Uma vez que tinha decidido ainda em casa que faria e pagaria o teste localmente – apesar de mais caro – é-me dada a indicação para pagar o mesmo numa máquina automática própria para o efeito. Após subir as escadas rolantes chegamos então à plataforma de colheita, uma estrutura de vários gabinetes onde a equipa de saúde se encontra a fazer as colheitas: uma amostra nasal e uma orofaríngea.

          O teste prossegue então para laboratório, estando pronto num prazo previsto de 12 horas (24 horas, no máximo). Durante esse período não é obrigatória a quarentena, devendo-se contudo respeitar as medidas de distanciamento social, etiqueta respiratória, uso de máscara e higiene das mãos. No final, é entregue um segundo folheto a relembrar o que fazer enquanto se aguarda.

          Já é de madrugada mas a noite não cai nesta altura do ano, mantendo-se uma luminosidade ténue como estamos habituados pelo amanhecer… embora sejam ainda 3 da manhã. Na verdade, não voltarei a ver a escuridão até voltar a Portugal, dentro de duas semanas. É altura de descansar.

          O resultado do teste chega-me pelo telemóvel no dia seguinte, com o ansiado “negativo”. Agora sim, a liberdade é real e podemos começar a nossa viagem.

procedimentos de entrada - Viajar Islândia Covid
o restultado do teste chegou pelo telemóvel em menos de 12 horas

O que acontece se o teste for positivo?

Se o teste de rastreio de Covid-19 for positivo, deve-se evitar todo e qualquer contacto social e manter-se o isolamento. O viajante receberá uma chamada telefónica de um dos membros do Hospital, a convocar para uma consulta e análises de sangue, com vista a uma estratificação de risco. Caso o risco seja considerado baixo, o viajante poderá continuar a sua viagem desde que mantenha o distanciamento e as restantes precauções.

O download da app Rakning C-19 é neste caso fundamental porque será através dela que é feito o seguimento do viajante, para além de fornecer informações sobre os serviços de saúde disponíveis na Islândia.

O que acontece se o teste for negativo?

Caso o resultado do teste seja negativo, devem ser mantidos os cuidados já referidos, até porque um resultado negativo não garante a 100% que não haja infecção corrente. Caso surjam sintomas sugestivos – febre ≥ 38,5º axilar, mialgias, tosse seca, dificuldade respiratória, perda de olfacto e/ ou paladar, náusea e eventualmente vómitos ou diarreia.

          O governo da Islândia desenvolveu guidelines para todos os viajantes que pretendem visitar o país, as quais incluem:


1.Preencher o formulário de pré-registo –
todos os visitantes nascidos até 2004 (inclusive) têm de preencher o formulário para entrar no país. O mesmo está disponível em covid.is/english

2.Ser testado
– os testes são feitos no aeroporto e os resultados disponibilizados em 24 horas. Alternativamente, há também a opção de ficar de quarentena durante 14 dias ao invés de ser testado.

3.Ser cuidadoso – mantém-se o dever de ser cuidadoso enquanto se aguarda o resultado do teste. Idealmente, evitar o contacto social permanecer em casa ou no local mencionado durante o registo.

4.Viajar responsavelmente – é sugerido o download da app Rakning-C19 em covid.is/english para obtenção do resultado dos testes, informação, alertas e outros updates.

5.Uma vez mais, é fundamental lavar as mãos/ desinfectar com frequência, usar máscara e respeitar o distanciamento social.

Islândia - viajar depois do covid
guarda este artigo no Pinterest!

Partilha nas tuas redes
Share on facebook
Share on pinterest
Share on email
Andreia Castro

Andreia Castro

Viajante antes de ser Médica, vivo com as memórias no bolso, o passaporte na mão e sempre com a próxima viagem marcada.

Lê mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Subscreve a Newsletter

Subscreve a newsletter

E fica a saber de antemão tudo sobre as próximas viagens, artigos do blog e muito mais!

Subscreve a newsletter

E fica a saber de antemão tudo sobre as próximas viagens, artigos do blog e muito mais!