St. Maarten – onde os aviões aterram na praia

St. Maarten – onde os aviões aterram na praia

Havia uma praia há muito prometida por estas paragens. Era uma daquelas praias que via na TV havia “séculos”, naqueles programas de Top 10 em que a voz vibrante do narrador solta um slogan apelativo como “And now!.. o countdown para as 10 praias a ir antes de morrer!”.

E pronto, no meio de umas mais ou menos loucas, de acessos mais ou menos difíceis e outras muito “mainstream” como Maya Beach (celebrizada no filme A Praia, com Leonardo DiCaprio), la vinha a Maho de St. Maarten.

A Maho Beach não é uma praia qualquer. Na verdade, enquanto praia tem “pouco” interesse. É a típica praia caribenha no sentido das águas mornas e azuis, atravessadas ocasionalmente por um iate. O areal é relativamente curto e estreito, o que significa que as pessoas se apinham com facilidade. Mas é uma praia bem aventureira. Ela localiza-se exactamente antes do início da pista de aterragem do aeroporto, estando separada dela por uma rede de metal meio arrepanhada e uma estrada.

Quem vem para Maho não vem para apanhar sol, vem para ver as avionetas e aviões que rasgam os céus e trazem trovões a cada 15 minutos, fazendo dela uma experiência única. E enquanto que as primeiras pouco incómodo trazem, já sentir um Boeing vir na nossa direcção, elevando-se apoucas dezenas de metros de altura, é algo completamente diferente. O coração salta, o corpo estremece totalmente e muito do que há em redor esvoaça com a vibração .

É daquelas experiências a fazer nem que seja uma vez!

Como chegar?

Apesar de se localizar a pouca distância do porto, o trânsito em “horas de ponta” faz com que este percurso possa variar entre 20minutos e hora e meia, pelo que se deve ter sempre em atenção qual a hora de embarque dos cruzeiros.

De táxi a viagem fica em cerca de 8 dólares em cada sentido. Uma alternativa bem mais barata é apanhar um dos autocarros locais (carrinhas de cerca de 8 lugares com o destino marcado numa madeira junto ao vidro da frente) por apenas 2 dólares para cada lado.

A que horas passam os aviões?

Uma vez que se localiza em pleno espaço do aeroporto, a praia está sempre a ser cruzada por avionetas a partir das primeiras horas da manhã. Estas avionetas são sobretudo de particulares ou agências que fazem as ligações inter-ilhas. Os maiores aviões (Boeing, AirBus) começam a aterrar a partir das 13h.

Do lado esquerdo da praia existe um bar com uma prancha de madeira cravada no chão e no qual se pode verificar os aviões do dia e a que horas chegam.

É seguro?

A segurança é questionável, uma vez que qualquer acidente que possa haver vai certamente ter consequências sobre as dezenas de “mirones” que se acotovelam junto à rede de metal e na areia. Há que ter em atenção que para além do som e da vibração, a massa de ar levantado pela aterragem de um avião de grandes dimensões é suficiente para levantar estruturas (e fazer esvoaçar algumas pessoas!).

Nas laterais da praia existem bares e restaurantes (Tortuga Beach Club, por exemplo), com refeições ligeiras, esplanada e wi-fi de onde se pode assistir a tudo em “maior” segurança.

Vais viajar e ainda não fizeste a tua Consulta do Viajante?
Precisas de aconselhamento, vacinas específicas, seguro de viagem e medicação?
Marca comigo, aqui! Online no conforto de tua casa, e apenas à distância de um clique.

Queres ir viajar? Adquire comigo o teu seguro de viagem IATI e usufrui de 5% desconto em relação ao valor original!

2 Comments

  1. Anónimo

    Olá, Andreia! Soube agora desta tua corajosa aventura. Claro que vais aguentar os 7 meses! Ou deixaste de ser persistente? Um beijinho grande e que tudo corra muito bem. Aldina

  2. Andreia Castro

    Olá ALdina!! Bem, na verdade acabei de comprar o meu voo de regresso para daqui a 2 semanas… e não podia estar mais contente =D Nunca deixarei de ser persistente… mas também não seria inteligente ficar 😉

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.